julho 3, 2022
Rua Cuiabá, 372, Centro - Camapuã/MS
Esporte

Matheus Cunha supera lesão e vê crescimento com Simeone antes de retorno à Seleção

Matheus Cunha perdeu a convocação da seleção brasileira em março devido a uma lesão no joelho, sofrida em fevereiro. Após dois meses de recuperação, o atacante do Atlético de Madrid voltou a jogar em abril, recuperou rapidamente a forma e apareceu logo de cara no chamado seguinte de Tite. o

Tite convoca Seleção para amistosos em junho
Exames do Atlético de Madrid apontam lesão de alto grau de Matheus Cunha
Cholismo na veia: tour em estádio do Atleti tem busto de Simeone e cantinho lusófono no vestiário

A confiança do técnico da Seleção no atacante paraibano seguiu intacta. E Matheus Cunha, na reta final de sua primeira temporada no Atlético de Madrid, se vê pronto para retribui-la. Neste ano inicial na Espanha, o brasileiro jogou pouco como titular, mas contribuiu com oito gols e seis assistências em 35 partidas.

Cunha acredita que evoluiu nesta primeira temporada sob o comando de Simeone. O técnico argentino, de estilo muito bem definido, é visto como peça importante no crescimento do atacante brasileiro.

– É um grande treinador e gestor de grupo. Os treinos são sempre no mais alto nível em termos de qualidade e intensidade. Consegue passar muito claramente aquilo que quer da equipe em campo. Procura sempre conversar e nos mostrar o melhor caminho.

Tenho tido uma temporada de muita evolução, e devo isso ao trabalho da comissão técnica. Um cara enorme na profissão e também como ser humano. É um grande prazer trabalhar com ele – disse Matheus Cunha, em entrevista ao ge.

Matheus Cunha aproveita falha da defesa e marca contra o Rayo Majadahonda
Nesta entrevista, Matheus avalia sua primeira temporada no Atlético de Madrid e sua nova oportunidade na seleção brasileira, na reta final para a Copa do Mundo.

Confira:

ge: Você teve um começo de ano difícil, com uma lesão complicada que te deixou sem jogar por dois meses. O que significa para você essa convocação? Acredita que é uma forma de o Tite mostrar que confia em você?

Matheus Cunha: Toda convocação para mim é motivo de muita felicidade, orgulho e gratidão. Nunca escondi de ninguém que a Seleção é um dos meus maiores sonhos. Escutar meu nome a cada nova convocação me faz reviver um filme de tudo que já passei e enfrentei para chegar até aqui. Essa última convocação é a prova de que o trabalho tem sido bem feito. Cabe a mim manter e melhorar para estar sempre entre os convocados. Cada nova convocação a responsabilidade aumenta. E quanto maior a responsabilidade, maior tem que ser a entrega e dedicação.

A lesão veio num momento importante para você na temporada, quando ganhava mais espaço e já estava mais adaptado. Como foi o baque para você? Como foi o período de recuperação e como você lidou com isso?

– Lesão, em qualquer período, é péssimo. Não vou esconder que senti, por um curto período, o baque. Pela Seleção, pelo momento no clube… Foi duro. Mas eu conheço meu corpo e minha mente. Sabia que voltaria bem, forte e antes do prazo. Graças a Deus não aconteceu o pior. Me apeguei a isso e trabalhei forte. São aprendizados e momentos que temos que passar por cima se quisermos atuar em alto nível.

Você está terminando sua primeira temporada no Atlético de Madrid. Como você avalia este ano inicial?

– Posso dizer que sou grato por estar em um clube do tamanho do Atlético de Madrid. Procuro desfrutar cada momento. O nível de treinamento, intensidade e enfrentamento são altíssimos. A comissão técnica nos cobra para estarmos sempre no nosso limite. Muito feliz por tudo que aprendi, evolui e amadureci nessa primeira temporada aqui no Atleti. Tenho certeza que irei evoluir ainda mais.

Matheus Cunha sofre grave lesão no jogo do Atlético de Madrid contra o Levante — Foto: Getty Images

O Atlético de Madrid tem um estilo muito particular de jogo, com foco na defesa. Como foi sua adaptação a este estilo?

– Não tive problema nenhum quanto a adaptação ao esquema de jogo. Como disse, o trabalho do Simeone é muito bem feito e detalhado para o grupo. Com o tempo fui me adaptando e aprimorando, e tenho certeza que a próxima temporada será ainda melhor.

Como é o dia a dia com Simeone? A imagem que ele passa para fora é a mesma como ele interage internamente? O que mais te chamou atenção nele?

– É um grande treinador e gestor de grupo. Os treinos são sempre no mais alto nível em termos de qualidade e intensidade. Consegue passar muito claramente aquilo que quer da equipe em campo. Procura sempre conversar e nos mostrar o melhor caminho. Tenho tido uma temporada de muita evolução, e devo isso ao trabalho da comissão técnica. Um cara enorme na profissão e também como ser humano. Um grande prazer trabalhar com ele.

Sempre se fala muito na união do grupo do Atlético, da forma como os jogadores compram a ideia do Simeone. Como foi a recepção do elenco a você? Com quem você ficou mais próximo?

– Fui muito bem recebido no clube desde o meu primeiro dia. Seja pela torcida, diretoria, comissão técnica e grupo de jogadores. Todos fizeram de tudo para que pudesse me sentir em casa desde a minha chegada. Um grupo bastante unido e sempre disposto a ajudar e trabalhar em conjunto. Nosso coletivo é muito forte. Sou mais próximo do Felipe, Renan Lodi, Joao Felix, Kondogbia e outros. Procuro estar em contato com todos do elenco sempre.

Nos últimos jogos da Seleção, o Tite experimentou uma formação sem um centroavante de origem. Agora ele te convocou. Você acha que ter essa característica te dá alguma vantagem na briga por uma vaga na convocação?

– Eu estou à disposição para ajudar naquilo que o professor e comissão precisarem de mim. Joguei ao longo da minha carreira em todas as funções do ataque e me sinto bem e confortável em todas elas.

Quando o assunto é seleção brasileira a palavra vantagem não existe. A concorrência é muito forte e você precisa demonstrar, todos os dias e jogos, sem exceção, que você é capaz de estar representando seu país. Vou para mais uma convocação para dar meu máximo e fazer aquilo que o professor Tite precisar de mim.

Leave feedback about this

  • Quality
  • Price
  • Service

PROS

+
Add Field

CONS

+
Add Field
Choose Image
Choose Video