junho 30, 2022
Rua Cuiabá, 372, Centro - Camapuã/MS
famosos

Gabi Martins diz que não pretende apagar tatuagens feitas para Tierry: ‘Vai ficar marcado’

Uma mulher bem resolvida é outra coisa, não é mesmo? Gabi Martins está curtindo a solteirice adoidado… Livre, leve e focada na carreira musical. Segura de suas escolhas, ela conta ao Gshow que, ao contrário de muitos que se arrependem após um término, não pretende apagar as tatuagens que fez para Tierry na época do namoro deles.

Os cantores assumiram publicamente a relação em dezembro de 2020, quando lançaram juntos a música “Prints”. E colocaram um ponto final em janeiro deste ano.

“Fiz duas tatuagens: O2 e Te amo. Tenho ainda e não pretendo tirar, porque era o momento que eu estava vivendo. Me entrego e isso vai ficar marcado. Não pretendo tirar, não sou dessas”, garante a artista.
Ela e Tierry tatuaram O2 atrás da orelha já na primeira semana de namoro. O símbolo representa o oxigênio e faz referência à música de Matheus e Kauan, que virou trilha sonora do casal na época. Após três meses de relação, ele a homenageou com outra tattoo: desenhou o olho dela no braço. E os dois escreveram ‘te amo’ nos pulsos.

Recentemente, Gabi e Tierry se encontraram no casamento de Nathan Camargo – filho do sertanejo Luciano, dupla de Zezé Di Camargo – com Izabella, realizado no dia 6/6, em Goiânia (GO). Se cumprimentaram, mas cada um aproveitou a festa no seu canto. Sobre o que ficou da relação, a artista diz:

“Da minha parte, sempre vai prevalecer o carinho e o respeito por tudo o que eu vivi por ele. A amizade continua. A gente se fala, sim. É bem tranquilo, é uma relação de boa.”

Quando está namorando, a cantora conta que se entrega 100% e não mede esforços para ficar com o amado. Tanto que a maior loucura de amor que cometeu, além de mandar um carro de som para comemorar 1 mês de namoro, foi passar cerca de 20 horas na estrada (ida e volta) só para estar ao lado dele em um show.

“Já viajei para ir num show do Tierry, bate e volta, no mesmo dia. Peguei o carro, viajei 10 horas para ir e 10 horas para voltar só para ver o show dele e ir embora. Quando estou apaixonada, eu pego voo, carro, o que for e vou atrás da pessoa”, ressalta Gabi, sem medo de ser feliz.

Aos 25 anos, a cantora diz se sentir mais madura e “menos ingênua” para certas situações, como uma relação tóxica:

“Aprendi muito, tanto na minha vida, quanto lendo sobre relacionamentos tóxicos. Então, a qualquer sinal de desrespeito e de humilhação por parte de uma pessoa que eu esteja conhecendo ou me relacionando eu já saio fora, corto aquilo que eu sei que não vai fazer bem para mim.”

“Com o tempo e a maturidade, a gente vai percebendo a maldade em algumas pessoas. Hoje, me sinto mais madura para certas situações e consigo enxergar muita coisa que antes eu não via. Com certeza, sou bem diferente.”

Leave feedback about this

  • Quality
  • Price
  • Service

PROS

+
Add Field

CONS

+
Add Field
Choose Image
Choose Video