junho 29, 2022
Rua Cuiabá, 372, Centro - Camapuã/MS
Musica

Anitta sobre relacionamentos abertos: “Lealdade não tem nada a ver com traição”

Você pode não gostar, mas não consegue parar de ver.” Talvez essa frase explique ao menos um pouco o fenômeno Anitta. Estrela da capa e recheio da Vogue de maio, a estrela refletiu suas conquistas mais recentes, as polêmicas que sempre acompanham sua carreira e revelou que a jornada internacional a fez reconectar com seu propósito – o de quebrar barreiras para mulheres. Aqui, trazemos mais um trecho do papo com a jornalista Mariliz Pereira Jorge.

Por saber exatamente a imagem que quer passar e muito tranquila sobre o que pensa em relação à vida, Anitta subiu nas tamancas quando deu de cara com a chamada da revista Nylon: “Na América do Norte, as pessoas só querem parecer descoladas. No Brasil, todo mundo quer é se divertir e transar. Eu quero trazer essa energia para cá”.

A cantora conta que ficou arrasada, chorou e concorda com as críticas que recebeu, porque sabe que as pessoas querem ser bem representadas. “Não me arrependo do que eu disse, mas de reduzirem o que foi dito a um pensamento sobre o país. Tô falando da minha personalidade, tô falando do ambiente em que vivo, de sair, de dançar até o chão, desse ambiente, e não da sociedade como um todo. No contexto que foi colocado, concordo com todas as críticas, tanto que fiquei revoltadíssima. ”Anitta não deixou barato, e a Nylon acabou trazendo outra versão de capa sem a frase da discórdia.

Não foi a primeira e não será a última vez que a atitude incomodará os haters de plantão. Os convidados de seu aniversário, celebrado em Las Vegas no fim de março, receberam cinco orientações sobre a festa. A quinta delas dizia o seguinte: “Se você é solteiro, não vá embora sem encontrar alguém para fazer sexo depois (prometi a um monte de amigos que seria a noite de sorte deles)”. Anitta foi criticada por supostamente oferecer suas amigas brasileiras como prêmio. “Foi o contrário, elas queriam saber se ia ter algum bofe gato gringo. E eu falei: ‘Vai ter’. E era uma brincadeira, óbvio. É tudo para levar no bom humor. Não tem que generalizar tudo que se fala. Tudo vira um problema. As pessoas têm que ser um pouco mais leves na hora de interpretar algumas situações.”

Mas a vida pessoal da cantora reverbera tanto quanto suas músicas, e ela trata de forma natural, típico de uma geração em que privado e público se misturam cada vez mais na vitrine das redes sociais. A bissexualidade, por exemplo, é conhecida por sua família desde quando beijou uma garota aos 13 anos. Anitta se diz atraída por outras mulheres, mas nunca se apaixonou por uma. “Ainda não”, diz sorrindo. “Não tenho vontade de ter relacionamento com mulher, mas também não gosto de dizer que nunca… vai que um dia.”

No momento, a preferência é por relacionamentos abertos. “Lealdade não tem nada a ver com traição. Lealdade tem a ver com consideração, com empatia, com você fazer a pessoa se sentir bem, com você respeitar aquela pessoa, não ser abusivo. Se a pessoa fizer com que eu me sinta assim, eu não tô nem aí se ela transou com outra. Nem me conta, faz o que quiser e volta. Se eu continuar me sentindo amada, desejada, especial, não tô nem aí para o que a pessoa faz quando não estou presente. A gota d’água para mim é me expor, prejudicar meu trabalho, não torcer por mim.”

Leave feedback about this

  • Quality
  • Price
  • Service

PROS

+
Add Field

CONS

+
Add Field
Choose Image
Choose Video