Início Política Dieselduto’: caminhões fazem 1 km por litro e dinheiro ‘some’ em Maracaju

Dieselduto’: caminhões fazem 1 km por litro e dinheiro ‘some’ em Maracaju

32
0
COMPARTILHAR

Veículos rodando fazendo 1 quilômetro por litro de diesel e abastecendo três, quatro vezes na semana. Isso em pleno período de férias da prefeitura. Essa é a situação de Maracaju, onde um verdadeiro ‘dieseloduto’ some com dinheiro do contribuinte. A revelação é exclusiva de investigação do TopMídiaNews.

A reportagem levantou gastos de 48 veículos, de propriedade da administração ou que prestam serviço a ela, e os respectivos gastos com diesel. Os documentos são dos três primeiros meses do ano, já que após pandemia há uma dificuldade extrema de se conseguir os mesmos dados.

Apenas com diesel em 90 dias a prefeitura gastou 49.172 reais, em um período com maior parcela de dias não úteis – férias e feriados, como o Carnaval, mesmo com a maioria dos veículos atuando na Secretaria Municipal de Educação. Mais que o valor total, o que assusta são os detalhamentos, como a alta média de gasto dos veículos e a quantidade sequencial de abastecimentos.

O veículo de placa NRZ-3761, por exemplo, trafegou exatos 1,03 quilômetros por litro de diesel usado. O motor, um MB 4 cilindros, faz média de pelo menos 3,5 km por litro, conforme especificações de fábrica para um produto usado.

Outro caminhão, de placa EJV-4209, com um motor  X12 de 4 cilindros, que deveria ter um consumo de um litro de diesel a cada 3,5 quilômetros, tem uma média de 1,13. A mesma situação, de altos consumos – muito além da margem aceitável – ocorre em 27 placas levantadas pela reportagem.

DIA SIM, DIA TAMBÉM
Outro fator que chama atenção nos veículos da Prefeitura de Maracaju é a quantidade de vezes que eles param no posto de combustíveis. O ônibus de placa EJV-5428, por exemplo, abasteceu 80 litros no dia 17 de fevereiro, e a mesma quantidade nos dias 18, 19 e 20. E mais 70 litros no dia 21. Em uma semana usou 390 litros de diesel e sabe quanto rodou? 398 quilômetros, segundo a documentação da própria administração municipal.

Haja abastecimento dia após dia

Em pleno janeiro, mês de férias, o veículo Marcopolo Volare placas DTC-5335, que presta serviços à Secretaria Municipal de Educação, fez três abastecimentos, somando 180 litros de diesel. Na primeira abastecida, de 40 litros de diesel, o veículo andou 31 quilômetros. Na segunda, com 60 litros, trafegou ainda menos, 23 kms rodados.

Janeiro também foi mês de veículo fazer 23 km com 40 litros de diesel

A mesma situação se repete com as 27 placas investigadas pela reportagem, indicando estranhos abastecimentos sequenciais, muitas vezes em datas com a prefeitura fechada, no mesmo posto de combustível e com baixa quilometragem por litro.

OUTRO LADO
A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa da Prefeitura de Maracaju por celular e WhatsApp, e foi pedido ainda uma resposta sobre a denúncia acima mencionada via e-mail, como solicitado pela assessoria. Porém, a versão do Executivo não foi enviada até o fechamento desta edição.