Início Camapuã/MS CÂMARA MUNICIPAL DE CAMAPUÃ ACATA REPRESENTAÇÃO CONTRA DELANO

CÂMARA MUNICIPAL DE CAMAPUÃ ACATA REPRESENTAÇÃO CONTRA DELANO

2282
0
COMPARTILHAR

O Poder Legislativo camapuanense sobre o comando do Presidente Vereador Lellis Ferreira da Silva, acata mais uma denuncia contra Prefeito trapalhão Delano Huber, desta vez apresentado pelo servidor publico Dr. Orlando Fruguli Moreira.

Camapuã vem sofrendo a quase três anos de desgoverno do atual Prefeito, desde a campanha eleitoral o mesmo já agia com tamanha irresponsabilidade, fazendo promessas mirabolantes, coisas jamais vista na história do município, depois de aplicar o maior estelionato eleitoral na população camapuanense, iniciou-se a gestão mais desastrosa possível e inimaginável.

Em quase três anos de gestão, de obra construída por Delano Huber e seus comandados foram apenas três quebras-molas, os desencontros são tantos onde podemos citar por exemplo a ideia do Prefeito TRAPALHÃO em construir uma veladoria dentro do terreno da Escola Eurico Gaspar Dutra, na Vila Industrial, outro grande equivoco de Huber é a pintura de ruas totalmente danificadas por falta de reparos, fazendo pinturas onde o asfalto acabou.

Também teve a brilhante ideia de fazer pintura e reforma de escolas em período letivo, se fossemos enumerar todas as trapalhadas da gestão mais reprovada do Mato Grosso do Sul, perderíamos tempo demais.

O que a população não consegue entender é que ainda existe alguns vereadores que dão sustentação a toda essa baderna administrativa, portanto são co-responsáveis e merecem ser observados e avaliados pelas suas atitudes.

No caso recente sobre a representação, se não fosse a decisão firme de um Presidente que age com lisura, transparência e responsabilidade, os defensores do Prefeito desejavam engavetar ou protelar mais uma vez, como aconteceu no caso do maquinário municipal prestando serviço de interesse particular da Vice-Prefeita.

Desta vez o Presidente Lellis Ferreira da Silva não permitiu manobras dos defensores de Delano Huber, levando a decisão ao Plenário do Legislativo para proferirem o acatamento ou não da representação, e por maioria simples como o previsto regimentalmente foi acatada e será cumprido os prazos regimentais determinados pelo sr. Presidente, que em plena sessão já instalou a comissão que avaliara atitude reclamada pelo representante, sendo feito sorteio e a comissão ficou assim composta: Presidente Ver. Chitão, relator Ver. Dra. Márcia e membro Ver. Hugo Bomfim.

A decisão do plenário contou com os votos dos seguintes vereadores: Chitão a favor do Prefeito; Antônio borracheiro a favor do Prefeito; Almir Avila a favor do Prefeito; Hugo Bomfim  se absteve de votar.

A favor da apuração dos fatos: Pedrinho Cabeleireiro; Dra Márcia Ferreira; Ronnie Sandro; Aloísio Targino e o Presidente Ver. Lellis nesse caso não votou por se tratar de maioria simples, mas não deixou de manifestar a sua intenção, se houvesse empate votaria pela apuração dos fatos, como sempre conduziu suas ações na Câmara totalmente transparente.

Os desmandos de Delano Huber, se não houver uma atitude enérgica por parte dos nossos vereadores que tem a função de fiscalizar com seriedade, a população continuara pagando pelo erro cometido nas urnas no pleito de 2016, razão pela qual estamos mostrando atitude de cada vereador para que a população avalie de que lado esta a verdade e quem de fato esta preocupado com o melhor para a nossa gente, com a palavra o povo: “Quem viver verá”.